CND INSS 2019 → SAIBA COMO CONSULTAR E EMITIR ONLINE

A CND INSS 2019, também conhecida como Certidão Negativa de Crédito, é um documento emitido pela Secretária de Estado de Fazenda e indica que se há dívidas e pendências relacionadas a um contribuinte. No caso da existência de débitos, o documento é chamado de Certidão Positiva de Débitos.

O documento possui diferentes utilidades, onde a principal é a comprovação de regularidade as contribuições previdenciárias, especificamente aquelas que são obrigatórias por lei.

Para saber mais informações sobre a certidão e como emitir e consultar o CND INSS, continue lendo para conferir todas as nossas dicas e informações!

CND INSS 2019

Quando falamos sobre o CDN INSS, trata-se do certificado emitido pela Receita Federal que mostra que o requerente não tem pendências com a Previdência Social e não possui débitos previdenciários. Essa certidão é emitida através Secretaria da Receita Federal – RFB, a Certidão Negativa de Débitos pode ser requerida também pela Procuradoria Geral da Fazenda, da Secretaria da Fazenda.

CND INSS 2019

Consultar o CND INSS é a melhor forma de saber se há dívidas ou pendências relacionados a seu CPF junto a união/previdência social. Para quem recebe algum benefício do INSS, é necessário comprovar que não há nenhum tipo de pendência com a previdência, por isso consultar a CND e emitir o documento é necessário de tempos em tempos.

A CND INSS pode ser emitida de duas formas distintas: sendo a primeira por meio da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional e a segunda através da Receita Federal.

Emitir CND INSS 2019

Como dito anteriormente, há duas maneiras de emitir a CND INSS. Porém, ao escolher emitir o documento pela Receita Federal, há a facilidade de realizar essa ação por meio do site da instituição.

O processo é muito simples e só será necessário possuir os documentos pessoais em vista e uma boa conexão com a internet. Para ajudá-los a emitir a INSS CND da forma mais prática possível, separamos umas dicas especiais a seguir:

CND INSS 2019


Passo 1 – Acesse o site oficial da Receita Federal www.receita.fazenda.gov.br. Espere a página carregar completamente para visualizar todas as informações e opções disponíveis.


Passo 2 – Em seguida, clique em emitir certidão e assim que a nova página carregar, insira o seu CPF (caso a consulta seja para pessoa física) e em seguida os caracteres de segurança que aparece ao lado. Depois de preencher todos os campos, clique em Consultar.


Passo 3 – Dentro de poucos segundos o sistema mostrará uma página com todas as informações relacionadas a certidão. Caso houver alguma pendência relacionada a previdência, os valores serão mostrados nessa página.


Para emitir uma segunda via da CND INSS, o contribuinte deverá clicar na opção indicada e esperar a página abrir. Depois será necessário informar o CPF ou CNPJ e preencher o código de segurança. Depois é só clicar em consultar e logo em seguida, clicar na opção “imprimir”.

Consulta CND INSS 2019

Depois de aprender como emitir a certidão, chegou a hora de aprender como consultar a CND INSS de forma simples e prática. Assim como a emissão do extrato, a consulta também poderá ser realizada por meio da internet, no próprio site da Receita Federal.

Veja a seguir como realizar a consultar CND INSS para saber se você possui alguma dívida ativa com a união:

CND INSS 2019

Está gostando do conteúdo? Deixe seu like nas rede sociais ao lado e ajude o site a crescer! Caso tenha alguma dúvida, basta comentar nas nossas redes sociais.

Passo 1 – Acesse o site da Receita Federal através desse endereço: www.idg.receita.fazenda.gov.br.


Passo 2 –Assim que a página carregar, clique na opção “Serviços” e, em seguida, escolha a opção “Serviços para o cidadão”.


Passo 3 – Espere a nova tela carregar e depois de visualizar as opções disponíveis, clique em “Certidão e Situação Fiscal”. Agora o contribuinte deverá clicar na opção que melhor fizer jus a sua realidade. Caso seja pessoa física, clique na opção “Certidão de Regularidade Fiscal Pessoa Física”.


Passo 4 – Em detalhes do serviço, será possível escolher a forma de atendimento, se será por acesso direto ou por unidades de atendimento presencial. Clique na primeira opção.


Passo 5 – Ao clicar nessa opção, o contribuinte poderá consultar o CND INSS e realizar a emissão do extrato, caso assim desejar.


Passo 6 –Será necessário digitar o número do CPF e os códigos de segurança que aparecem ao lado e, depois de preencher todos os campos, clicar em consultar. Caso a sua situação esteja regular, o sistema mostrará a seguinte mensagem:

“É certificado que não constam pendências em seu nome, relativas a créditos tributários administrados pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) e a inscrições em Dívida Ativa da União junto à Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN)”.


Os contribuintes poderão realizar a consulta quantas vezes desejar. Caso o contribuinte queira realizar a consulta pessoalmente, então será necessário ir até uma agência do INSS mais próxima de sua residência com os documentos em mãos.

Ao chegar no local será necessário informar o desejo de realizar a consulta e, em seguida, apresentar os documentos. O atendente fará a relação dos documentos e consultará o sistema.

Em seguida a CND INSS 2019 será emitida e o contribuinte poderá consultar todas as informações relacionadas a sua certidão, certificando-se se há ou não pendências relacionadas ao seu CPF.

A consulta presencial é a mais indicadas para as pessoas que queiram tirar dúvidas relacionadas a consulta ou até mesmo sobre o benefício de forma rápida, mas lembre-se que é importante ficar de olha na tabela INSS 2019, pois é por ela que você deverá tomar como base as datas de  pagamento.


Guia INSS 2019

Pois bem, para quem ainda possa não saber, a Guia da Previdência Social (GPS), que é popularmente chamada de Guia INSS, nada mais é do que um documento criado para fazer o recolhimento das contribuições sociais.

Ela poderá ser utilizada por praticamente todos os agentes envolvidos no processo:

  • Pela empresa;
  • Pelo contribuinte individual;
  • Pelo segurado especial;
  • Pelo empregador doméstico;
  • Pelo contribuinte facultativo.

Ela poderá ser emitida para que o pagamento da contribuição seja efetuado em qualquer casa lotérica, em agências dos bancos conveniados (verificar por região), em correspondentes bancários ou por débito em conta-corrente. É um documento importante, especialmente por permitir.

Como calcular INSS atrasado?

São duas formas diferentes para calcular quanto você terá que pagar de INSS em atraso. Essa forma irá depender se as parcelas estão vencidas a mais ou menos de 5 anos.

Parcelas vencidas a menos de 5 anos:
Podem ser calculadas diretamente no site oficial da Receita Federal. Para isto, basta preencher as lacunas pedidas e o próprio site já irá calcular quanto você deve pagar.

Parcelas vencidas a mais de 5 anos:
Essas parcelas possuem uma regra específica, são mais complexas e você não pode escolher o valor a ser pago. O valor a ser pago, é calculado através da média das suas 80% maiores contribuições, já corrigidas, desde julho de 1994 até o mês anterior ao do requerimento. Em cima desse valor médio, é calculado 20% mais juros e multa.

Realizando este cálculo é possível saber o quanto de multa e juros deverá ser pago ao Governo Federal. E depois de saber quanto custa sua dívida, chegou o momento de entender como imprimir a guia de pagamento do INSS em atraso. Saiba mais no tópico abaixo.


Caso tenha ficado com alguma dúvida em relação a CND INSS é possível obter todas as informações necessárias no próprio site da Receita Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *